Wednesday, April 16, 2014

Quem Vai Mandar No Mundo No Futuro??Sensacional.

Dica da resposta, nao he o Bananal onde estudantes mal sabem para que serve e=mc2.

Otima leitura, revolucao a vista. Enquanto isso nao se esquecam de pedir bencao a Iemanja todo reveillon. Isso tambem ajuda um pais a ir p frente.

http://bits.blogs.nytimes.com/2014/04/13/bend-it-charge-it-dunk-it-graphene-the-material-of-tomorrow/?_php=true&_type=blogs&_r=0


Tuesday, April 15, 2014

O Gigante Acordou

http://america.aljazeera.com/articles/2014/4/13/housing-shortagegripsbrazilasitsspendsbillionsonworldcup.html

Como se diz na inglaterra, brilliant. Or awesome in the usa.

Sobre A Homogenizacao Dos Vinhos No Mundo

Semana passada foi quente na lingua inglesa internetica com dois criticos famosos (um americano e outro ingles) defendendo a homegenizacao dos vinhos ao redor do mundo. Resumindo muito curtamente o que escreveram a conversa termina com ''se o vinho esta bem feito, que assim seja, nem que Frances seja igual a Americano que he igual a Italiano que he igual a Australiano''.

Discordo. 

Outro critico mais famoso (R P) falou tambem essa semana que talvez o melhor vinho do seculo XX foi um vinho lotado de cabernet de 1985, chamado de Sassicaia (so ver o tweet dele). Da uma ideia boa do gosto do cara. Ainda nao aprendeu!


Fazendo mais uma vez uma comparacao para ajudar os mais retardados (incluindo meu cunhado), qual graca teriamos se todos os carros do mundo fossem replicas de um Ford T qualquer? Ainda que fossem bem feitos, ter escolha he saudavel, faz bem, agrada, acalma os animos. Henry Ford dizia que poderia-se comprar qualquer carro desde que fosse da cor preta. 


Ou entao se todas as roupas fossem muito parecidas umas com as outras, ainda que bem feitas? 

A graca da coisa esta na diversidade. Ou algo parecido. Eu ainda quero um vinho da regiao XASDADAFA do mundo com aroma e gosto daquela regiao. Resta saber se ja combinaram isso com o mercado.

Take a hike, Steve.


Que mundo lindo onde nao ha mais diferencas entre nos.

Friday, April 11, 2014

Dica Cultural: Das Melhores Que Ja Recebi

Com sinceros agradecimentos a quem me recomendou esse livro: http://www.amazon.com/Human-Zoo-Zoologists-Animal-Kodansha/dp/1568361041/ref=sr_1_1?s=books&ie=UTF8&qid=1397220227&sr=1-1&keywords=human+zoo

Se voce se interessa porque sua vida esta um lixo na cidade onde mora, porque seus vizinhos (e voce) sao tao rudes, porque o transito esta esse lixo, porque damos dinheiro para deus, porque acreditamos em bilhete premiado, pastor de televisao, politicos, guerras..... esse é seu livro.

Top 5 para mim na vida, e deve ficar la bom tempo.

Tuesday, April 8, 2014

Gabeira News

Responda rapido: o que faz mais mal ao planeta, uma ida ao acougue a pe ou uma ida a horta de Landau a diesel?

Se nao sabe, precisa se informar. Enquanto isso....

http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2014/04/1437331-cresce-o-apoio-a-reducao-do-consumo-de-carne.shtml

Monday, April 7, 2014

Cerveja E Churrasco: Uma Combinacao Saudavel

Surprise, surprise.... artigo interessante. Ate que um novo estudo desminta esse. Mas ainda assim, bebados do mundo, comemorem a noticia.

Beer and barbecues

A marriage made in heaven

To reduce the health risk of barbecuing meat, just add beer

GRILLING meat gives it great flavour. This taste, though, comes at a price, since the process creates molecules called polycyclic aromatic hydrocarbons (PAHs) which damage DNA and thus increase the eater’s chances of developing colon cancer. For those who think barbecues one of summer’s great delights, that is a shame. But a group of researchers led by Isabel Ferreira of the University of Porto, in Portugal, think they have found a way around the problem. When barbecuing meat, they suggest, you should add beer.
This welcome advice was the result of some serious experiments, as Dr Ferreira explains in a paper in the Journal of Agricultural and Food Chemistry. The PAHs created by grilling form from molecules called free radicals which, in turn, form from fat and protein in the intense heat of this type of cooking. One way of stopping PAH-formation, then, might be to apply chemicals called antioxidants that mop up free radicals. And beer is rich in these, in the shape of melanoidins, which form when barley is roasted. So Dr Ferreira and her colleagues prepared some beer marinades, bought some steaks and headed for the griddle.
One of their marinades was based on Pilsner, a pale lager. A second was based on a black beer (type unstated). Since black beers have more melanoidins than light beers—as the name suggests, they give it colour—Dr Ferreira’s hypothesis was that steaks steeped in the black-beer marinade would form fewer PAHs than those steeped in the light-beer marinade, which would, in turn, form fewer than control steaks left unmarinated.
And so it proved. When cooked, unmarinated steaks had an average of 21 nanograms (billionths of a gram) of PAHs per gram of grilled meat. Those marinated in Pilsner averaged 18 nanograms. Those marinated in black beer averaged only 10 nanograms. Tasty and healthy too, then. Just what the doctor ordered.

Friday, April 4, 2014

Grandes Vinhos, Pequenos Preços

Primeiro a ma noticia: Eu conheco quem fez o vinho e aprecio o carater da pessoa (ou um dos socios). Portanto a degustacao nao foi as cegas para mim.

Segundo a boa noticia: A degustacao foi as cegas, entao valeu para os outros. Mesmo para mim o resultado foi bem satisfatorio.

O vinho degustado e bem aprovado foi um Rose brut feito pela otima Maximo Boschi. Ja falei varias vezes deles aqui. Vinicola bem pequena do RS, uma das minhas favoritas de Bento G.

Espuma persistente e delicada. Perlage correto, abundante e persistente (indica um bom charmat). Vinho feito com cortes de chardonnay, riesling e merlot. Aguentou ate um lombo com molho agridoce (bem pouco) por cima.

Chutaram o preco para bem mais que custa, o que he um otimo sinal.

Quem quiser pode ligar na vinicola e comprar uma caixinha de 6. 
Estao para lancar o merlot 2005 que seguramente deve ser muito peculiar. E bom. O 2004 foi recentemente aprovado por americanos e uma cidada da Africa do Sul. 

Disclaimer: Nao sou socio da vinicola, nao tenho nenhum interesse comercial em divulgar esse vinho. Have fun, everyone.


Thursday, April 3, 2014

O Gigante Acordou

Sai da frente, Fiji Islands. http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2014/04/1434959-brasil-e-o-pior-em-retorno-de-imposto-a-populacao-aponta-estudo.shtml

Dicas Culturais

Com certo atraso na vida: John Cheever. Varios contos/livros disponiveis nas amazon da vida. Nao ganha de um Tolstoy, mas esta quase la. Muito bom.

Do dpto de internet ou tv: Breaking Bad (90 estrelas de 91 possives) e o otimo Arrested development. Ambos disponiveis na netflix.




Tuesday, April 1, 2014

A Importancia Do Puxa-Saco. Sera??

Artigo interessante que tenta provar algum valor nos nossos queridos chupa-medias, ass-kissers, brown noses.

http://www.valor.com.br/carreira/3499786/e-hora-de-defender-os-puxa-sacos-no-mundo-corporativo

Open link.

O Ridiculo Do Mundo Do Vinho No Brasil Nao Tem Fim. So Piora

Umas 4 vezes na semana dou uma olhada num blog que vale a pena ler de tempos em tempos. Ja falei disso aqui. Sao uns velhotes que trabalharam naquela importadora daquele irmao daquela uma que nao mais. Foi o que me falaram. 

Mas isso nao importa, o que importa he que estao sempre divulgando coisas boas dos vinhos e turismo e coisas bem ruins que enofilos e sommeliers chapas- brancas escrevem e fazem pelo pais -- O que ha de blog que nao informa e nao tem isencao he digno de numero chines.

http://baccoebocca-us.blogspot.com.br/2014/04/a-superacao.html

Como nao ficar deprimido com MAIS UM escrevendo essas coisas? Essa gente afasta possiveis tomadores de vinho. 

Qual o problema disso tudo, perguntaria um tapir sem informacao??

Ora, vinho he cultura, historia, alegria, saude (na medida certa), civilizacao.

Por isso conhecemos tantas pessoas que acham que so gente 'afetada' ou 'snob' toma vinho e os mesmos continuam na cerveja de supermercado.

Bloggers brasileiros sao o melhor retrato do pais e de quem mora nele: Faltam conhecimento, seriedade, transparencia na divulgacao das informacoes, etica. E sobram conluio, puxa-saquismo, me da um ai-ismo, dando informacao que se recebe-ismo.


A Conta Sempre Chega

Quem diria, seu habito de tomar cerveja vagabunda aos montes e da sua mulher de se arrebentar com refrigerantes seria considerado algo patriota?

Obrigado por ajudar o governo a equilibrar as contas!

http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-geral,governo-aumenta-impostos-sobre-bebidas-e-preve-arrecadar-mais-r-200-mi,180837,0.htm

Monday, March 31, 2014

U$D 500,000 De Multa Mais 6 Meses Fechado

Ouch. Fucking ouch.

Esses caras nao estavam ou ja estao no Brasil? Headquarters precisa de dinheiro depois dessa.....

Eataly wined and fined & the three-tier system

eataly wine2
Eataly Wine will close for six months and its owners, including celebrity chef Mario Batali, will also pay a $500,000 fine per an agreement with New York state authorities yesterday. No date has been set for the start of the closing. The settlement resulted from the State Liquor Authority’s enforcement of a ban on “interlocking interests.” The SLA also claimed that the shop’s owners suppressed that information.
Para quem nao o conhece, esse doctor vino tem um bom livro escrito. 

Saturday, March 29, 2014

O Que Voce Sabe Sobre Vinho Mexicano? Leitura De Sabbath

Duas leituras divertidas para quem esta na praia sem fazer nada. Vinho mexicano? Confesso que teria preconceito de abrir garrafas no inicio do 'contato'.

Aqui (para depois do artigo um link interessante: http://www.npr.org/blogs/thesalt/2014/03/28/295323755/the-hippest-winery-in-mexico-is-made-of-recycled-boats

Mexican wine

The Napa of Baja

Hold the tequila, pass the Merlot

THERE is nothing of the faux Bordeaux chateau about the Torres Alegre winery. It blends so delicately into the dusty Baja Californian landscape, amid vineyards, olive groves and dirt roads, that your correspondent at first drove straight past it. Its chief winemaker, Victor Torres Alegre, was trained 30 years ago in Bordeaux and has an engaging oenologist’s intensity. But it is the likes of his goatee-sporting son Leonardo who are carving a new niche for Mexican wine. With smooth labels and prices high enough to carry a hint of snob value, a new crop of young winemakers is planning to provide something hip to Mexico’s young, upwardly mobile middle class.
In a land where about 1m new beer drinkers come of age each year and where tequila is sipped lovingly, this is a tough sell. Though Spanish missionaries brought vines to Mexico in the 16th century, the wine industry has never flourished. But it turned its latest setback into an advantage. Just when tourists from the United States were starting to travel down to the Valle de Guadalupe, about two hours’ south of San Diego, to try out Mexican wine, an outbreak of violence (now mostly over) in nearby Tijuana scared them away. So local producers looked to the domestic market instead. Drinking Mexican wine with modern, lighter Mexican food has become “aspirational”, according to marketers.Smaller-scale wine producers face obstacles. In Baja California, where about 75% of Mexico’s 3,600 hectares (8,900 acres) of vines are planted, water is scarce, which keeps volumes low and prices high. As in other Mexican industries, the market is dominated by big players (such as L.A. Cetto). Distribution is controlled by huge chains, such as Walmart, who favour big brands.Sales are still modest, but growing fast. Ramón Vélez of the Mexican Winemakers’ Council says volumes have doubled since 2000 to about 70m litres and values have tripled. But consumption per head is a fraction of what it is in the United States. More than two-thirds of the wine consumed in Mexico is still imported, mainly from Spain, Chile and Argentina (Americans unjustly remain a bit sniffy about selling to Mexicans; Mexicans unjustly feel the same about American wine).
Some are undaunted. Wenceslao Martínez, a 30-year-old self-taught wine-maker, produces his Relieve wines from the backyard of his father’s construction business in Ensenada. Yet the wine is tasty and sales are brisk. They give the lie to a view whispered by malicious tongues north of the border that the only good Mexico has ever done for wine is to send grape pickers to Napa Valley.

Wednesday, March 26, 2014

Ha Algo Errado, Volume XXVI

20 minutos de forno com todo o gas para fazer um pastel de nata (congelado).

Diz para mim se nao ha algo que precisa ser corrigido no bananal.

Se algum europeu presenciar uma cena grotesca dessa, sai morte ou suicidio.

 "E= m.c2  onde E no Brasil custa muito barato. Mas nao se preocupem, um dia a conta chega. E vira com juros bananicos".

Albert Einstein, Cachoeira do Itapemirim, 30/02/1948

Monday, March 24, 2014

O Modelo Brasil Falhou. Agora Danou-se Ou Ainda Ha Tempo Para Alguns?

Post para ser lido, comentado e deglutido com calma. Nao nessa ordem. As ever conto com comentarios bem melhores que os posts.


Por conta de negocios tenho acesso a varias reunioes e chats (odeio falar bate papo com muita gente sabia, experiente, com conhecimento e informacoes. 

Basicamente brasileiros e estrangeiros me dizem que o modelo Brasil de fazer negocios, conduzir a vida ou gerenciar um pais falhou. Nao tem como dar certo para todos, he para poucos.

Quero traduzir o que tenho visto /conversado/ouvido/testemunhado:

Somos idiotas natos. Acreditamos que nossa falta de conhecimento, estatisticas, metodologias definidas pode ser compensada com nossa flexibilidade, adaptabilidade, jogo de cintura e as famosas margens absurdas.

Essa ginga toda infelizmente he usada para sobrevivencia empresarial alem da malandragem, nao para prosperidade.


Esse recado vai para a turma que compra e vende algo: Nao podemos mais nos inserir num mundo onde todos praticam no maximo margens (Atencao, eu digo margens liquidas, nao markups!!) de 20% enquanto aqui se fala impunente no curto prazo em 60, 80, 100%. 

Se voce estiver vendendo chiclete roubado na rua, eu o perdoo pelos 100%, mas para quem vende hamburguer, vinhos, sapatos, roupas, gasolina, roupa de cama, raquete de tenis, vibradores, bonecas inflaveis, carros, computadores, pasta de dente, carrinho de bebe, etc nao ha como sobreviver nesse mundo comprando e vendendo com retorno liquido de 100%.

A saida tem que ser no giro e com margens decentes que levam uma pessoa a ter uma vida digna. Todos querem ser o proximo milionario em 2 anos.

Nao se pode apostar num modelo onde 100% plus he o normal. Claro que muito importador de vinho continua com o 100% e que se dane o mundo. O cara esta bem na mansao dele e comendo as secretarias com viagra. Mas fica um rastro ruim que nao he varrido da sociedade. He mais um fazendo o que nao sustenta, ensina, conduz  uma sociedade. E talvez culpa de tudo isso seja ignorancia. Tive que pagar muito caro para fazer um mestrado *grande b0st@* nos USA para mudar de vida e ver como sao as coisas la fora. Talvez sem as pessoas que conheco hoje e o pouco conhecimento adquirido tambem estaria praticando o gersismo.

Quantas pessoas na Banania ainda acham que o "more is better" na margem he a solucao?




Dica de um amigo meu. Algo para rir e chorar. Dois videos:

Chora, Brasil



Chora, II


Sinais De Adaptacao A Vista Na Imprensa

Estado de S. Paulo, o jornal: bem-vindo a modernidade.

Vejo com muito orgulho que o jornal esta tao fino quanto um tablet. Otimo sinal, estao inseridos na idade moderna.